A questão da cultura

sábado, 18 de março de 2017

A questão da cultura

A cultura como uma estrutura invisível, mas perceptível que está presente, "fundamenta" uma sociedade. Sociedades mais novas, como a brasileira, devem ter uma estrutura cultural mais "tênue" mais fraca ou menos estruturada, do que, por exemplo, uma cultura indiana ou chinesa.

Nestas, as pessoas convivem em uma "base cultural comum" há mais de dois mil anos. Mas, o que distinguiria uma "base cultural comum" de outras? Seria possível "medir" esta estrutura cultural e identificar-lhe as diferenças entre uma cultura e outra?

Outra questão: como entraria nesta equação a cultura de massa? Até que ponto a globalização tem feito um "mix" de diversas culturas?

Ainda com relação a isso, o que é comum na "cultura global"? O que cada cultura tomou para si da cultura global, incorporando-a à sua? E esta "cultura transplantada" ainda permanece global ou se tornou caracteristicamente local?

Em suma, o que é essa "teia", esse meio que tudo permeia chamado de cultura, no qual nos movemos ou que se move em nós, se considerarmos a teoria dos memes?
(Imagens: tabuinhas cuneiformes da Babilônia)

0 comentários:

Postar um comentário