Considerações oportunas (V)

sexta-feira, 6 de maio de 2011
Jornal O Estado de São Paulo em 6/5/2011
TSE identifica mais de 15 mil suspeitos de doação acima do limite em 2010
Infratores estão sujeitos à proibição de participar de licitações públicas e de celebrar contratos com o poder público.

Baruch Spinoza escreve:
"Um Estado será, pois, pouco estável, se sua salvação depender da honestidade de um indivíduo e os negócios públicos só se puderem realizar à condição de serem conduzidos por mãos honestas. Para que ele (o Estado) possa subsistir, é preciso que os que dirigem, quer sejam conduzidos pela razão, quer sejam pela paixão, não possam ser tentados à má fé ou ao mau proceder. Porque pouco importa, para a segurança do Estado, que seja por tal ou qual motivo que os governantes administrem bem os negócios públicos. O que importa é que eles sejam bem administrados. A liberdade ou a força da alma é a virtude dos particulares. E a virtude do Estado é a segurança."

SPINOZA, Baruch. Tratado Poliítico. Rio de Janeiro. Editora Tecnoprint: s/d, 130 p.

0 comentários:

Postar um comentário