Notas rápidas (homenagem a G. C. Lichtenberg)

quarta-feira, 9 de maio de 2018
                                                    Tiro o chapéu


O que quer dizer esta expressão? Simbolicamente, quem usa um chapéu pressupõe, nesta situação de "tirar o chapéu para...", ser alguém importante, acima dos outros; de seu meio social. 

Tirando o chapéu, eu saio da minha situação de poder, olho para alguém ou algo e dou a esta/este ou a isto uma importância. Mostro uma consideração tal, que até tiro meu chapéu, como sinal de respeito ou de homenagem. 

Mas fica implícito que minha posição é superior e eu me digno a atentar para alguém ou algo, conferindo-lhe minha consideração - pelo menos naquele instante.

Em outra situação dá-se exatamente o contrário. Tiro o chapéu para me desfazer de qualquer proteção, mostrando minha humildade e total sujeição a um poder. Tira-se assim o chapéu em respeito a uma autoridade (um rei, um bispo) ou em lugares onde esteja ocorrendo algo de importância; uma celebração ou cerimônia (numa igreja ou num palácio). 

No passado tirava-se o chapéu em lugares cobertos de qualquer tipo e, principalmente à mesa, durante as refeições. Este costume quase não é mais praticado. 

(Imagem: gravura representando G. C. Lichtenberg)

0 comentários:

Postar um comentário